Ninguém é obrigado a gostar de Star Wars, mas se você trabalha com comunicação você é obrigado a conhecer esse universo.

Todo mundo tem direito de não gostar do que bem entende, mas é importante ressaltar que a cultura de Star Wars está impregnada na nossa sociedade.

Pessoas usam termos como: jedi, força e sabre de luz em conversas corriqueiras. Citações como “numa galáxia muito distante“, “Do. Or do not. There is no try.” fazem parte do cotidiano de muita gente.

Não conhecer o universo de Star Wars limita sua percepção da cultura pop atual e, no mundo da comunicação que é onde eu e a grande maioria dos meus amigos vive, isso é fundamental para se conectar com diversos públicos. Isso mesmo: diversos. Star Wars não é cultura nerd, é pop.

Classificar Star Wars como cultura nerd é outra prova de que você dormiu na década de 80/90 e acabou de acordar. Já foi cultura nerd, quando as pessoas viviam de fan-fictions (contos escritos por fãs) e criaram todo um universo expandido. Os episódios 1, 2 e 3 tornaram o assunto popular e com a aquisição da Disney o universo de Star Wars teve um lançamento com uma agressividade que eu não via faz muito tempo.

Os brinquedos do filme Despertar da Força que estréia hoje, e já teve diversas pré-estréias disputadíssimas na noite de ontem, tiveram um Unboxing promovido pela Disney com um streaming de 18 horas onde os brinquedos foram revelados em eventos acontecendo em 15 cidades ao redor do mundo. Exagero?  Considerando que em 2013 os produtos licenciados de Star Wars renderam 2,2 bilhões de dólares eu diria que esses brinquedos merecem toda essa agressividade com certeza.

Empresas como Google (Lightsaber Experience) e Spotify (Star Wars Match) criaram campanhas específicas para Star Wars. O motivo? Milhares instalarão seus produtos para testar essas campanhas. E aqueles que já conhecem os produtos e gostam do universo de Star Wars (milhões de pessoas) criaram uma conexão ainda mais forte com essas marcas.

E como tudo que é pop vai parar no Jimmy Fallon ontem saiu um vídeo com os personagens de Star Wars cantando as músicas à Capella:

E se você está achando que usar Jimmy Fallon como argumento para dizer que Star Wars é pop que tal lembrar o funk Popozuda Rock ‘n Roll do De Falla citando Cavaleiros de Jedi e a Força?

Você não precisa gostar das Princesas Disney, da Turma da Mônica, de Harry Potter, Senhor dos Anéis ou Star Wars, mas ser publicitário e não conhecer cultura pop vai limitar bastante o alcance do seu trabalho.

2 comentários em “Sim, você é obrigado a conhecer Star Wars

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s