Pare de ouvir os profetas do apocalipse corporativo


60% das novas empresas fecham em até 5 anos, para as pequenas empresas, onde se classificam a maioria das startups, a maioria fecha as portas em menos de um ano.

Antes do Facebook copiar o recurso de Stories do Snapchat para o Instagram (e depois Whatsapp, Messenger e o próprio Facebook) eles tentaram criar 3 aplicativos para brigar com o Snapchat, nenhum deles fez sucesso. Se você fizer uma busca por “Facebook Testa” no Google News vai encontrar dezenas de notícias de recursos que o Facebook testou em um grupo de usuários mas acabou não tornando permanente. Para cada acerto de uma empresa como o Facebook, existem centenas de erros anteriores.

É mais fácil acertar que uma empresa vai fechar ou uma startup vai errar do que acertar o “cara ou coroa” ao jogar uma moeda.

O empresário que fecha um negócio aprende com o seu erro ao revisar seus processos, a startup que erra ao lançar um recurso novo aprende com o seu erro ao ouvir o feedback dos seus usuários, o profeta do apocalipse que anunciou a queda da startup não aprendeu nada. Os seguidores do falso profeta não aprenderam nada.

Todas as técnicas modernas de inovação orientam a analisar o mercado consumidor antes de criar uma solução ou montar um modelo de negócios, mais importante do que seguir os profetas do apocalipse é seguir os hábitos do seu público alvo, entender a mudança de comportamento dos seus consumidores.

Sabem o que é difícil? Acertar quais empresas vão dar certo no futuro, quais aplicativos vão crescer, quais técnicas vão prosperar. O mercado de investimentos mostra que mesmo quem é especialista em avaliar empresas erra muito.

Os profetas do apocalipse corporativo vivem tirando sarro dos gurus corporativos, mas na prática eles preferem falar do que vai dar errado ao invés do que vai dar certo porque tem medo de errar, e é fácil acertar apostando no erro. Gurus corporativos são outra piada à parte, eles defendem algumas técnicas e ferramentas como se isso fosse salvar a humanidade, não vai.

Novas técnicas e ferramentas são importantes para oxigenar o mercado e toda empresa deveria separar uma verba para testar essas novidades e ver se para o seu caso específico aquela técnica ou ferramenta funcionam. Óbvio que eu não defendo confiar cegamente nos gurus, apostar todas as suas fichas em algo novo, sem saber se vai funcionar direito, pode levar uma empresa a falência rapidamente. Porém ficar parado sem inovar, no mundo de hoje, vai te levar a falência lentamente.

Quando você confia nos profetas do apocalipse você pode estar deixando seu concorrente ganhar uma vantagem competitiva importante, simplesmente porque você não testou alguma coisa.

Pare hoje mesmo de seguir quem diz que tudo vai dar errado, pare hoje mesmo de seguir quem diz que alguma técnica vai salvar sua empresa milagrosamente, no mundo dos negócios temos de ser menos fervorosos e mais ecumênicos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s